segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Gondim da Maia: 0 - FC Alpendorada: 0


Se antes do inicio do jogo poderiamos pensar que o empate até seria um bom resultado, no final ficamos com a sensação de que poderiamos (se nos deixassem) ter ido mais além.

De facto durante a primeira parte o Gondim dispôs de duas ou três boas situações de golo, ainda que mais  por fruto de erros nossos que de jogadas bem construídas).

Mas também durante a primeira parte a equipa de arbitragem anulou um golo ao FC Alpendorada (Xiko de cabeça) que deixou MUITAS dúvidas. E mesmo no final da primeira parte o arbitro fez vista grossa a uma mão na bola dentro de area de um jogador da equipa da casa, ficando por assinalar uma grande penalidade.

Na segunda parte o Alpendorada entrou mais compacto e conseguiu fazer o golo por Luis Carlos, que foi anulado pelo fiscal de linha (este não deixou quaisquer duvidas, foi mal anulado).

Com o decorrer do tempo o Gondim conseguiu criar uma ou outra jogada de perigo, mas tal como na primeira parte, surgiram sobretudo por erros da nossa equipa e não por jogadas delineadas. O Gondim tentou o jogo directo nas costas da defensiva de Alpendorada.

Parabéns aos atletas pelo seu empenho e um obrigado ao Miguel por ter aceite orientar a equipa durante a semana passada.

AJPS

Prof. Pedro Vilaça é o novo treinador do FC Alpendorada


O FC Alpendorada convidou o prof. Pedro Vilaça para assumir o comando tecnico da equipa senior, convite que este aceitou no passado Sábado à tarde depois de uma reunião entre as partes.

O Prof. Pedro Vilaça será acompanhado pelo seu habitual adjunto, bem como pelo treinador de guarda redes, contando ainda com o Miguel Pereira (actual preparador fisico) na sua equipa técnica.

Estamos certos que é a pessoa certa na hora certa para ajudar o clube a saír da situação incomoda em que se encontra na tabela classificativa.

AJPS



terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Jorge Fernandes deixou o comando técnico do FC Alpendorada




Após o jogo FC Alpendorada- Lavrense  o treinador do FC Alpendorada colocou o seu lugar à disposição da direcção, apresentando o pedido de demissão.
O pedido apenas foi aceite no dia seguinte após uma reunião com toda a equipa técnica, e depois de analisada a situação, e ponderados os prós e contras.
Nessa reunião o adjunto Sergio Vareira não aceitou continuar e fez questão de acompanhar o  técnico principal na saída.
Assim esta semana e o próximo jogo em Gondim da Maia, serão orientados pelo Miguel Pereira (Preparador físico).
Nesta hora, de alguma tristeza,  quero deixar uma palavra de agradecimento ao Jorge e sua equipa técnica. Quando o clube precisou ele aceitou o desafio, em condições que muitos não aceitariam e fez um trabalho que fala por si, pois além de tudo mais terminou a época anterior com a subida de divisão, em que grande parte do mérito é seu e da sua equipa técnica.
Infelizmente esta época os resultados não estavam a aparecer e o Jorge, que como sempre, colocou os interesses do clube em primeiro lugar, entendeu que este seria o momento certo para deixar o lugar.
Costuma dizer-se que as pessoas passam, mas o clube não se esquece daqueles que se dedicaram à causa.
Ao Jorge e ao Sergio o meu muito obrigado, na certeza de que serão sempre bem vindos a este clube.

António José Silva 

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Camadas jovens treinam e jogam em Varzea


Por força das obras para a colocação de piso sintético no campo de treinos do FC Alpendorada,  as equipas da formação terão os seus treinos e jogos no campo da AD Varzea do Douro.

Por tal facto e enquanto decorrerem as obras estas equipas apenas  realizarão dois treinos semanais e não os três que estavam em vigor.

AJPS

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

NO RESCALDO DO FC ALPENDORADA: 1 - FC BAIÃO: 1

     Dos jogos em casa, tivemos possivelmente a melhor primeira parte de futebol jogado, com circulação de bola e dominio do meio campo.No entanto apesar de muito disputado a meio campo poucas jogadas de perigo aconteceram junto das areas. 
Na segunda parte o golo do empate do Baião abalou um pouco a equipa que até às alterações introduzidas não foi capaz de mandar no jogo.
Com as alterações voltamos a ter ascendente e poderiamos ter conseguido a vitória não fosse alguma infelicidade na concretização de dois ou três lances junto da baliza adversária.
     Foi bom de verificar que "voltou" o empenho pleno, e a concentração (esperemos que não seja passageiro).  Os jogos são todos importantes e têm que ser encarados todos da mesma forma.
      Estamos numa fase em que os pontos são importantes mas as vitórias também. Não nos  podemos contentar com empates sobretudo em casa e devemos ter a noção de que nos encontramos aquém dos nossos objectivos (nos últimos três jogos em casa de nove pontos possiveis fizemos dois).
      Para além de serem já demasiados os pontos perdidos em casa,  não conseguimos ainda esta época uma sequência de duas vitórias seguidas.

MAS SOMOS CAPAZES E TODOS JUNTOS, PASSO A PASSO, JOGO A JOGO, vamos demonstrar que a nossa posição tão em baixo na tabela classificativa é meramente passageira.

AS VITÓRIAS SERÃO O NOSSO OBJECTIVO E VAMOS CONSEGUIR.

AJPS





terça-feira, 6 de janeiro de 2015

SOMOS CAPAZES. NÃO VAMOS CAÍR.


     Dois maus resultados caseiros (equivalentes a cinco pontos perdidos) colocaram-nos numa posição incómoda na tabela classificativa.  Esses cinco pontos a ter sido ganhos colocava-nos dentro dos nossos objectivos minimos, que nesta altura seriam os 21 pontos. Mas o certo é que não foram e por isso teremos que os ganhar fora de portas a começar já no proximo domingo.

     Esta equipa é a mesma que já nos deu muitas alegrias, mesmo nesta época, e por isso sabemos que tem no seu seio os atletas capazes  para passo a passo, jogo a jogo, ir cimentando a equipa em posições bem acima na tabela classificativa, dando aos adeptos as alegrias que eles anseiam.

     No entanto vamos ter consciência de que os jogos não se ganham a jogar "parados e devagar", sem garra, sem empenho, sem esforço. Temos que jogar em cima do adversário e não o contrário.
   
     Nunca ninguém exigiu nem exigirá  impossiveis a esta equipa.  No entanto cada um deve saber estar e dar o seu melhor fisica e mentalmente.  EMPENHO, DEDICAÇÂO, ESFORÇO, CAMARADAGEM, RESPEITO, AUDÁCIA, ALEGRIA são as palavras,  os sentimentos e atitudes, que cada um deverá ter como base para que dia a dia, jogo a jogo consigamos elevar alto o nome do nosso clube.

     Vamos fazer "engolir em seco" aqueles que nas horas menos boas dizem cobras e lagartos, demarcando-se, e que acabarão por "renascer" quando os resultados estiverem a sorrir.

    SOMOS CAPAZES E VAMOS PROVAR ISSO MESMO.

     FORÇA FCA

    ajps